Dois aviões da Qantas voltam para a Austrália por questões de segurança

SYDNEY: Dois voos internacionais da Qantas sofreram problemas mecânicos no ar na sexta-feira e tiveram que voltar para Sydney, com um incapaz de retrair os flaps das asas e outro com a vidraça quebrada, disse a transportadora australiana.

O vôo QF7 estava a caminho de Dallas, mas o capitão do Airbus A380 decidiu voltar para Sydney depois de descobrir que os flaps das asas não podiam ser recolhidos.





'(Isso) significa que a aeronave não pode voar com eficiência. Como o vôo de Dallas é o mais longo da rede, o capitão decidiu voltar a Sydney ', disse a Qantas em um comunicado.

O segundo vôo, QF63 para Joanesburgo, voltou quando 'um vidro quebrado no pára-brisa da aeronave' foi encontrado.



'O pára-brisa de uma aeronave é feito de três camadas de vidro, o painel externo rachou, mas não comprometeu a integridade da aeronave', acrescentou o comunicado.

'A aeronave estava segura para continuar para Joanesburgo, mas o capitão decidiu voltar, pois o pára-brisa será substituído na base de engenharia da Qantas em Sydney.'

A Qantas disse que o Boeing 747-400 pousou com segurança. Vôos de substituição estavam sendo organizados para os passageiros.

Vários voos tiveram que retornar à Austrália nos últimos meses, incluindo um serviço da AirAsia Gold Coast para Kuala Lumpur no mês passado, que a transportadora disse envolver uma suposta colisão de pássaros.

Em junho, um avião da China Eastern com destino a Xangai fez um pouso de emergência em Sydney depois que um enorme buraco apareceu em uma das carcaças do motor.

Recomendado